Irmãos e Irmãs!

Que nosso Pai Celestial ilumine vossos corações com muito Amor, Paz e Fraternidade.

Comumente se pensa que cada Irmão ou Irmã terreno, encarnados no plano físico, possuem apenas um Mentor ou Espírito Guardião.

Na verdade, como ocorre na Terra onde as crianças recebem a orientação e o ensino oportunizados por diversos professores e professoras, desde as primeiras séries iniciais até chegar ao ensino superior, também ocorre na Espiritualidade destinada ao ensino, orientação, auxílio e apoio aos encarnados. São muitas as entidades da Espiritualidade que colaboram com a Alma encarnada, semelhante aos diversos professores encarnados que ensinaram cada individualidade desde a infância até a fase adulta.

Todavia, quando nossos Irmãos ou Irmãs cumprem missão como encarnados na Terra, quando chega o momento apropriado correspondente ao missionato, uma entidade se aproxima como coordenadora dos trabalhos, assumindo a condição do que comumente se costuma classificar como mentor.

Foi assim com Allan Kardec e o Espírito Verdade que coordenou as comunicações de diversas outras entidades destinadas em trazer os esclarecimentos para os préstimos da codificação da Doutrina Espírita.

Da mesma forma foi Chico Xavier e seu mentor Emmanuel, entidade Espiritual que desempenhou importante coordenação para as mais de quatro centenas de obras psicografadas pelo nosso Irmão Chico, assinadas por diversos Irmãos e Irmãs da Espiritualidade, cumprindo todos eles a preciosa missão de orientar e ensinar os encarnados. Lembrando ainda as milhares de cartas psicografadas pelo Irmão Chico, no importante trabalho de consolar e atestar a comunicação entre Irmãos encarnados e desencarnados.

Desnecessário nominar tantos outros nomes de missionários e seus coordenadores ou coordenadoras da Espiritualidade que desenvolvem ou desenvolveram importantes tarefas na missão de orientar.
Assim, a cada um encarnado e encarnada fica a certeza de que são muitas as entidades da Espiritualidade que cumprem a missão, ou mesmo o professorado, de ensinar. De forma que não ocorre de se ter um único Mentor ou uma única Mentora.

Queridos Irmãos e Irmãs! Procurem sempre absorver os ensinamentos que orientam no sentido do bem, sem se fixar ou desejarem saber o nome de quem vos orienta ou fala na consciência. De que importa saber o nome. Se a orientação é no sentido do bem, saibam apenas que a mesma lhe foi passada sob o amparo do maior dos mentores Espirituais, que é o nosso Mestre Jesus Cristo.

Fiquem com Deus!

Irmão Bartolomeu
Mensagem recebida em 30 de maio de 2011.